A Música nos torna íntimos em poucos acordes

Bem Vindos | Release | Blog | Fotos | Vídeos | Repertório | Imprensa | Clientes | Na Web | Aulas | Contato

Dois do Brasil 22 Música & Cultura

sexta-feira, 1 de agosto de 2008

Torcida

Um poema de Carlos Drummond de Andrade

enviado por Fátima Regina Gomes Coelho *, tutora do curso on-line Aprendendo a Empreender, do Sebrae

Mesmo antes de nascer, já tinha alguém torcendo por você.
Tinha gente que torcia para você ser menino.
Outros torciam para você ser menina.
Torciam para você puxar a beleza da mãe, o bom humor do pai.
Estavam torcendo para você nascer perfeito.
Daí continuaram torcendo.
Torceram pelo seu primeiro sorriso,
pela primeira palavra , pelo primeiro passo.
O seu primeiro dia de escola foi a maior torcida.
E de tanto torcerem por você, você aprendeu a torcer.
Começou a torcer para ganhar muitos presentes e flagrar Papai Noel.
Torcia o nariz para o quiabo e a escarola.
Mas torcia por hambúrguer e refrigerante.
Começou a torcer até para um time.
Provavelmente, nesse dia, você descobriu que tem gente que torce diferente de você.
Leia mais>>>

*Fátima Regina Gomes Coelho é formada em Administração de Empresas, e trabalha no Sebrae desde 2002.

Um comentário:

Ciça e-promoter disse...

Eu já tinha lido este poema e sempre que tenho oportunidade leio de novo como agora. Elé é muito bom!
Passei para fazer uma visitinha e desejar uma ótima tarde para vcs! Até mais!

Música Brasileira de todos os tempos!
Dois do Brasil 19 Anos de Música Brasileira